Oficina – Teatro Musical Por Gentileza

header-top-page

"Por Gentileza" Teatro Musical

Por Gentileza - Teatro Musical
Por Gentileza - Teatro Musical

31 de outubro - Quinta-feira, às 14h Local: Teatro Odylo Casta,filho - UERJ

O grupo Mimos Brasil apresenta o espetáculo musical, teatral, mímico e de animação POR GENTILEZA de Leila Carvalho e Josué Soares. O espetáculo traz de forma divertida com músicas, mímica e bonecos, o ideário do Profeta Gentileza, JOSE DATRINO, autor de um livro a céu aberto, escrito nas paredes e pilastras próximas ao Caju e à Rodoviária Novo Rio, na cidade do Rio de Janeiro. Pregando a solidariedade, a cordialidade e a Paz entre os homens, sua filosofia é tema de livros, de teses de mestrado e doutorado e até de enredo de escola de samba (Grande Rio / 2001). Também serviu de inspiração para composições de ícones como Marisa Monte, Maurício Duboc e Gonzaguinha. No teatro, Josué Soares e Leila Carvalho recriam ludicamente os ensinamentos do Profeta, emoldurados pelas músicas originais de Lucina (compositora de sucessos nas vozes de Ney Matogrosso e Zélia Duncan) e Mario Avellar. A peça NÃO representa a vida do profeta Gentileza. Seus pensamentos de paz, gentileza, solidariedade, amor, é que são teatralizados e musicados nesta peça. Uma trupe de mambembes divide-se em múltiplos personagens e com a ajuda de mímica e bonecos contam, cantam, e encantam com várias participações diretas do público. Primeiramente são apresentadas várias cenas cotidianas e contemporâneas. Em seguida – numa transposição de tempo e espaço - os atores representam a história persa de um reino sem gentileza. Ao assistir com tristeza o caos que se tornou a vida de seus súditos, impregnados de descortesia e arrogância, o sábio Rei resolve dar uma festa e convida todos os cidadãos. Após muita dança e música, o Rei manda que tragam uma panela com sopa. Porém não há pratos nem talheres, apenas grandes colheres com compridos cabos de bronze, cujo calor e comprimento impedem que cada um se sirva. Tentados pela apetitosa iguaria, os súditos descobrem então uma inusitada maneira de tomar a sopa! A dificuldade com o calor do bronze acaba por ensinar que com solidariedade todos podem se alimentar.

Deixe seu comentário